Internet das coisas: entenda sua força nos negócios e na sociedade
ambiente de trabalho
Como tornar o ambiente de trabalho colaborativo e aberto à inovação?
agosto 28, 2018
Aprenda como usar a prototipação para ganhar tempo e reduzir erros
agosto 31, 2018

A força da internet das coisas nos negócios e na sociedade

internet das coisas

internet das coisas

A internet era usada para conectar grandes computadores em centros de pesquisa e universidades.

Com o passar dos anos, vários outros dispositivos se integraram a essa rede até chegarmos na internet que conhecemos hoje.

Atualmente contamos com várias ferramentas e aplicativos de diversos tipos e muitos avanços foram feitos em relação à conexão com a internet.

Como o mundo tecnológico está sempre em constante evolução, já começamos a viver o período da internet das coisas (Internet Of Things, ou IoT).

A transformação digital mudará a forma com que lidamos com nossas casas, carros e eletrodomésticos e trará grandes avanços na indústria e impactos no ramo empresarial.

Então, para que você entenda o conceito de internet das coisas e como esse trabalho já está sendo aplicado, criamos este artigo. Confira!

Afinal, o que é a internet das coisas?

A internet das coisas é um conceito baseado na ideia de que todos os dispositivos que utilizamos no dia a dia estão conectados entre si e à internet.

Com esses aparelhos e tecnologias automatizadas será possível adquirir informações, fazer a sua análise e reagir perante a elas conforme o que está acontecendo no momento.

Um belo exemplo do uso da internet das coisas é chegar em casa e a própria residência responder acendendo as luzes ou até mesmo climatizando ambientes.

A conexão não ficará restringida apenas aos smartphones e tablets, ela também será expandida para outros dispositivos mais simples do nosso cotidiano.

Como a IoT pode ser aplicada no dia a dia?

Segurança

A segurança é um campo que tem muito a ganhar com a internet das coisas.
A tecnologia pode ser aplicada em maçanetas, identificando os moradores de uma residência ou pessoas que têm acesso a uma área restrita, liberando o local apenas à pessoas autorizadas.

Em casos de fraude ou arrombamento, sistemas automatizados poderão até mesmo acionar as autoridades por você.

Em outros casos, novas tecnologias poderão surgir, facilitando a ação das autoridades quanto aos crimes menores, como assaltos.

A identificação do suspeito seria mais precisa e até mesmo a captura no caso de fuga poderá ser mais ágil.

Eletrodomésticos e aparelho eletrônicos

Em sua casa, sensores poderão ser instalados junto aos aparelhos e móveis e isso poderá dar uma série de vantagens para quem os utiliza.
A IoT pode ajudar na manutenção dos equipamentos, enviando às empresas dados sobre seu funcionamento, sendo possível até a identificação de problemas e manutenção de forma remota.

Além disso, os dados poderão auxiliar na melhoria da fabricação de novos modelos, utilizando os dados coletados nas versões antigas e fazendo as adaptações necessárias, agradando seus clientes de forma mais satisfatória.
A internet das coisas pode trazer também uma série de facilidades se utilizada, por exemplo, em uma geladeira, em que ela poderá lhe avisar ou até mesmo preparar um pedido para repor os alimentos que estão acabando. As possibilidades de seu uso são infinitas.

Saúde e bem-estar

Com a IoT será mais fácil monitorar a nossa saúde em diferentes aspectos.

As consultas, por exemplo, poderão ser mais precisas em apresentar um tratamento às pessoas ou encaminhá-las para cirurgias, que inclusive também serão impactadas pela internet das coisas.

Durante a cirurgia, será possível que o médico utilize dispositivos como o Google Glass, o que pode melhorar a qualidade da imagem, ajudar na precisão da operação e será possível até mesmo realizar exames de raio-x com esses aparelhos.

A próxima geração de idosos também usufruirá de novos aparelhos e facilidades da evolução tecnológica proporcionada pela internet das coisas e terão a sua disposição aparelhos que poderão auxiliar quanto aos medicamentos e exercícios, por exemplo.

A próxima geração de idosos será mais conectada e digital, desta forma, assistentes estarão 100% a disposição dos idosos, ajudando-os na rotina diária e proporcionando mais qualidade de vida, segurança e bem-estar no dia a dia.

Quais são as principais aplicações da internet das coisas nas empresas?

Empresas de setores variados e de qualquer tamanho podem ter benefícios ao utilizar a internet das coisas.

No ramo industrial o maquinário é equipado com sensores e softwares para a leitura dos dados, auxiliando na manutenção, por exemplo.

Já no comércio ela poderá servir de ferramenta para ajudar a aumentar o engajamento de seus clientes com a sua marca.

O fato de alguns aparelhos estarem se comunicando entre si e com a rede trará uma competitividade mais justa no mundo dos negócios.

As informações adquiridas e as leituras feitas podem ajudar a identificar gargalos e cortar gastos e pode até ajudar com um planejamento estratégico.

Com a IoT também será possível automatizar alguns serviços, economizando recursos que poderão ser investidos em outras áreas e na transformação de seu modelo de negócio.

A internet das coisas é bem versátil e pode ter vários usos no ramo empresarial de acordo com as suas necessidades.

Se um comerciante deseja aumentar suas vendas, com a internet das coisas isso será possível com a coleta de informações de forma prática.
Ainda, terá a facilidade na leitura dos dados, mudando a forma como o lojista presta o seu serviço, proporcionando uma melhor experiência aos consumidores.

Na agropecuária, máquinas com sensores poderão fazer a leitura do solo para melhor qualidade no plantio e auxiliar quanto ao gado.
Será possível que máquinas alimentem os animais e com sensores, apresentar dados quanto à saúde dos mesmos, melhorando a qualidade de vida do animal e, consequentemente, a qualidade do produto.

Na indústria a internet das coisas poderá ajudar com o monitoramento do consumo de combustível, ajudando no controle e evitando os gastos desnecessários. Ela também poderá ser utilizada para fazer a leitura do desgaste das peças do maquinário, auxiliando no reparo.

Além disso, a automação de processos será uma realidade daqui alguns anos.

Dados da IFR apontam que no Brasil existem 10 robôs a cada 10 mil trabalhadores, sendo que a média global é de 74 mil.

Com a internet das coisas será comum fábricas operarem sem que humanos façam parte do processo principal da fabricação de produtos em alguns anos.

Quais novidades já utilizam a internet das coisas?

Casas inteligentes

Já existem alguns conceitos relacionados ao futuro de nossas casas. Um exemplo é a Amazon Echo, uma casa que trabalha com uma assistente virtual.

A inteligência artificial da assistente, conectada à rede, traz inúmeras comodidades aos seus moradores. Ela poderá tocar músicas, realizar ligações, fazer alguns pedidos para entrega, entre outras coisas para tornar a sua vida mais confortável.

Transporte público

Não saber se o ônibus acabou de passar ou quando ele chegará ao ponto pode ser um empecilho na vida de muita gente, porém com a IoT já é possível verificar a localização exata do transporte por meio de aplicativos utilizados em seu smartphone, ou saber o horário com telas instaladas próximo às paradas.

A internet das coisas já é considerada por muitos umas das principais tendências no meio tecnológico.

Quem for pioneiro na implementação dessa nova tecnologia, seja em relação aos negócios ou em outras áreas da vida, com certeza estará um passo à frente no futuro.

Outra tendência tecnológica que também merece atenção e que pode ser utilizada junto à internet das coisas é a inteligência artificial. Por isso, descubra agora como aplicá-la no mundo corporativo!

Para mais conteúdos como esse, acesse o blog da Mooven.