Inovação disruptiva: entenda a ligação com a cultura da inovação
A Transformação Digital em Nuvem! Conheça o XaaS e otimize sua TI
dezembro 12, 2018
As fases do design sprint: fique por dentro dessa metodologia
As fases do design sprint: fique por dentro dessa metodologia
janeiro 10, 2019

Inovação disruptiva: entenda a ligação com a cultura da inovação

Inovação disruptiva: entenda a ligação com a cultura da inovação

inovação disruptiva

Atualmente, os desafios das empresas frente à concorrência do mercado são maiores, principalmente no que diz respeito aos avanços tecnológicos. É crescente a preocupação em lançar produtos competitivos e que se mantenham na liderança.
Porém, isso implica em maiores esforços combinados ao aumento da qualidade, inovação e redução dos custos dos itens para os clientes.
Diante do presente contexto econômico, a tecnologia é o fator fundamental para definição de melhor qualidade, produtividade, preço e flexibilidade por parte das empresas. Com os avanços tecnológicos, aumentou o surgimento de produtos inovadores que auxiliam na competitividade da organização.
Assim, para o empreendedorismo, essas inovações tecnológicas se concentram em dois tipos: inovação sustentável e inovação disruptiva. Vamos apresentar esse conceito de inovação disruptiva e demonstrar qual a sua importância para o negócio, além de expor alguns exemplos desse tipo de inovação. Confira!

O que é inovação disruptiva?

Primeiramente, a inovação tecnológica é o esforço realizado pelas organizações que resulta no desenvolvimento de novos produtos, serviços ou aumento da eficiência do processo produtivo. Consequentemente, é preciso conexão entre a criatividade e a ação inovadora para resultar em vantagem competitiva para a empresa.
Assim, a inovação disruptiva é aquela que dá origem a novos mercados e modelos de negócios, transformando um setor já existente, por meio da inclusão de produtos simples, convenientes e acessíveis.
O que é feito a partir do aproveitamento de tecnologias recentes, desenvolvimento de novos modelos e da criação de formas diferentes de explorar antigas tecnologias.
À primeira vista, a inovação disruptiva pode não ser atraente e ainda julgada inconcebível pelas indústrias. Em contrapartida, o conceito dará origem a produtos que facilmente assumirão a posição dos que já existem no mercado. Esses novos produtos apresentam diferenciais como preço acessível, simplicidade, maior praticidade e conveniência para uso.
Desse modo, esses diferenciais tendem a prosperar o empreendimento, já que desenvolve inovação disruptiva adquire experiência, melhor desempenho de produtos, aperfeiçoamento das características existentese ainda  acrescenta novos atributos às suas mercadorias.
Assim, é possível dizer que a inovação disruptiva origina um novo mercado, com moderna concepção de qualidade para novos clientes.

Qual é a importância da inovação disruptiva?

A inovação disruptiva produz itens e serviços com menores preços, e por isso mais acessíveis, que se tornam disponíveis para os consumidores. As características mais comuns dela são: simplificação da mercadoria, mercado consumidor específico e maior margem de lucro.
Contudo, para as organizações que buscam somente produtos de aceitação rápida, constante e de maior rentabilidade, o surgimento das inovações disruptivas no mercado se torna um desafio de risco, visto que essas novidades atraem uma boa parte de seus consumidores.
Desse modo, as instituições já estabelecidas necessitam se adaptar ao novo processo e garantir o mercado já existente.
Assim, a inovação disruptiva é importante para impulsionar o desenvolvimento, pois tornam produtos e serviços mais disponíveis e com menor custo para uma população maior, além de dar mais informação e poder de escolha aos consumidores.
O ritmo desse processo tem a tendência de aumentar devido ao desenvolvimento tecnológico e da internet das coisas.
Para os empreendimentos que nascem a partir da inovação disruptiva, o cenário se torna favorável, devido ao mercado se remodelar cada vez mais, aumentando as chances de sucesso.

Quais os principais exemplos de inovação disruptiva?

Mercados diversos podem ser impactados e transformados pelas diferentes inovações disruptivas. Veja alguns exemplos a seguir.

Veículos elétricos

Os veículos elétricos se tornaram exemplo de inovação disruptiva oferecidos por empresas que revolucionaram o mercado, por meio dos novos usos e formas de armazenamento de energia elétrica.
Sua liderança cresce por oferecer baterias com melhor desempenho e custo, o que possibilita aos carros irem mais longe e serem mais ágeis e garantir maior segurança comparado aos carros de motores de combustão interna.

Computador pessoal

O computador pessoal também é um excelente exemplo de inovação disruptiva, pois criou um novo mercado. Com estruturas de custos altos, eram usados apenas por universidades e empresas.
Com a melhoria na inovação da Apple, percussora do segmento, o computador pessoal lentamente foi se tornando mais acessível e menor, originando um novo mercado  se expandiu e eliminou o setor antigo.

Virgin Atlantic Boeing 747

Um dos exemplos de inovação disruptiva é a Virgin Atlantic. A companhia aérea Virgin Atlantic iniciou com um Boeing 747- 200 de segunda mão, certificando-se de  ocorrer naquele avião algo bom e divertido para que houvesse recomendação. Assim, a companhia inovou com serviços à bordo completamente novos e foi a primeira a oferecer monitores individuais na classe executiva.
Atualmente, além da programação diversificada a bordo das aeronaves, também oferece massagistas e serviço de bar. Ainda têm salas VIP munidas de sauna, duchas, lareira e biblioteca. Enfim, lentamente a companhia passou de um para uma frota de 37 aviões, tendo outros já encomendados e se tornando um bom modelo de inovação disruptiva.

Sites de stream de vídeos e musicais

Outro exemplo ocorreu na indústria da música. Inicialmente, a ideia não foi muito apreciada e gerou protestos principalmente daqueles que seriam afetados por esse tipo de serviço. Atualmente, o mercado se consolidou e os serviços de streaming de vídeos, músicas e filmes estão em crescimento, acabando com as videolocadoras e lojas de CD’s. A percepção de mudança de hábitos nesses mercados possibilitou o sucesso de novos formatos de negócio, como a Netflix e o Spotify.

WhatsApp

O WhatsApp é um exemplo de inovação disruptiva tendo como finalidade apenas a substituição do SMS. No entanto, após sua compra pelo Facebook, o app ganhou o recurso de fazer chamadas telefônicas via internet.

iPhone

O lançamento do primeiro iPhone revolucionou o mercado de celulares. Com o objetivo de integração das tecnologias já existentes em um único aparelho, o novo celular possuía o simples conceito de inserir uma tela de alta definição com capacidade para responder aos comandos apenas com o toque, eliminando o teclado do celular. Percebe-se que esse é um bom exemplo de inovação disruptiva.
Basicamente, a inovação disruptiva estrategicamente oferece produtos ou serviços mais acessíveis financeiramente e com vantagens em relação à concorrência.
Sendo assim, é de suma importância conhecer o que significa esse processo, de modo a inspirar estratégias para o empreendimento e a ligação com a cultura da inovação. Também é fundamental atentar para as demandas dos clientes e buscar soluções investindo em novas tecnologias ou estabelecendo parcerias inovadoras.
Gostou deste artigo sobre inovações disruptiva? Aproveite para assinar a nossa newsletter e receba as nossas atualizações em sua caixa de entrada!