Cultura de inovação: hora de tornar parte do DNA da sua empresa!
inovações tecnológicas
8 inovações tecnológicas que estão mudando os negócios e a sociedade
julho 25, 2018
user interface
Descubra como aliar a User Experience (UX) à User Interface (UI).
agosto 14, 2018

É hora de tornar a cultura da inovação parte do DNA da sua empresa!

cultura de inovação

cultura de inovação

Toda mudança, por menor que seja, causa desconforto e traz uma série de questionamentos. E eles só são sanados com disposição para enfrentar o que há de novo e fazer disso um aliado. É a transformação que abre a companhia para uma nova filosofia de trabalho, a da cultura de inovação.
No mundo empresarial imaginário, ter um produto ou serviço de qualidade com grande aceitação de mercado representa sucesso garantido. Já no contexto real, é preciso muito mais que isso, pois a competitividade bate à porta da organização todos os dias. Isso obriga os envolvidos a se movimentarem e, mais, a se reinventarem.
Para garantir a sobrevivência e relevância de sua empresa, é preciso estar à frente do mercado, promovendo inovações na medida do possível, sempre com foco em resultados. Isso permite que a organização garanta sua vantagem competitiva.
Este post é para quem quer oferecer soluções eficientes, criativas e ágeis, e se tornar um profissional que busca fomentar o crescimento e o desenvolvimento da companhia. Se esse é seu perfil, venha com a gente e aprenda a implantar a cultura de inovação de forma a despertar em todos um sentimento colaborativo de pertencimento.

O que é a cultura de inovação?

Muitas empresas têm promovido mudanças significativas em seu modo de gestão, o que desperta a curiosidade de entender esses novos formatos e como são aplicados. Antes de qualquer implantação, é preciso identificar a razão de existência da empresa, como ela deseja atuar e qual papel cada um deve desempenhar.
Para isso, é fundamental envolver as pessoas e torná-las parceiras para que os projetos saiam do campo das ideias e cheguem ao das ações. A cultura de inovação é, então, um modo novo de enxergar o mundo e as transformações impostas pelos avanços tecnológicos.
Enquanto tem sido comum a substituição da mão de obra humana pela tecnológica, muitas pessoas desenvolvem habilidades que nem julgavam ter. Inovar é buscar alternativas para atuar de modo diferenciado. É, acima de tudo, quebrar os paradigmas de uma mentalidade engessada e ultrapassada.
Se uma empresa deseja crescer com destaque, autonomia e estabilidade, não pode permanecer parada. A inquietude é parte de um processo de mudança consistente e bem planejado. Isso vale também para os líderes, que buscam um lugar permanente ao sol e têm em seu encalço aqueles que desejam sua posição.

O que fazer para inovar?

Inovar é mais que um comportamento imposto pelo mercado. Tipicamente ideias inovadoras surgem a partir da aplicação de um processo estruturado e contínuo, baseado em muita dedicação, foco e alguma dose de criatividade.
Alguns podem achar que inovar é ter a sorte de ter uma grande ideia. Para estes, existe a frase de Tiger Woods: – “Eu tive sorte, mas só depois que comecei a treinar 10 horas por dia”.
Para que a cultura de inovação tenha um impacto positivo na organização, estabelecer um processo contínuo e envolver as equipes no processo é fundamental. É preciso deixar claro o desejo de inovar e que todos serão corresponsáveis pelo resultado alcançado, positivo ou negativo.
Ao fomentar a inovação, procure provar rapidamente as ideias e usar sempre a estratégia de MVP (Produto Mínimo Viável) para acelerar seu lançamento e feedback. “Fail fast, succeed faster”.
Use a criatividade de cada um a favor do projeto de inovação, mas não se esqueça de promover o reconhecimento de uma boa ideia. Ter funcionários motivados e engajados garante o sucesso desse novo universo na empresa.

Por que promover a cultura de inovação?

Na década de 1970, quando surgiu a internet e a conexão entre pessoas, países e continentes de uma maneira mais eficiente, o corporativismo tomou uma dimensão até então impensável. As negociações ganharam agilidade em uma atmosfera de inovação, que despertou o interesse de empresas em ampliar cada vez mais seus horizontes.
Várias companhias aderiram a esse modelo inovador, começaram as transformações internas e não pararam mais de interferir no mundo com suas ideias e modo peculiar de gestão.
A Microsoft trouxe a inteligência artificial e revolucionou o mundo com tecnologia de ponta e desempenho impecável. Sempre um passo a frente de seu tempo, ela utiliza a tecnologia em vários segmentos como solução inovadora.
A SAP é outra empresa que trouxe frescor ao mundo com tecnologias digitais capazes de garantir mais segurança a seus clientes para que possam avançar mais agressivamente no mercado. Seu desafio constante é criar soluções com implementação bem-sucedida, que traga satisfação e maior comprometimento de todos os envolvidos.
É claro que a inovação não pode seguir um padrão mercadológico, pois não existe uma solução única, mas um conjunto de objetivos e ideias que formam um pacote inovador. Para que uma empresa seja considerada inovadora, a atmosfera deve sofrer alterações que começam no comportamento e deságuam nos processos.
Entender as vantagens, tirar proveito das ideias e administrar bem os insucessos faz parte do amadurecimento e é uma prática saudável, pois muda a visão sobre processos que antes pareciam imutáveis.
É o melhor momento para superar o “sempre foi assim”, dar lugar ao “em que podemos melhorar” e mirar na conquista dos objetivos.

Por onde começar?

Seguindo o roteiro abaixo, a sua empresa estará preparada e estruturada para fomentar a inovação, não como parte de um processo isolado, mas abrangendo todas as áreas, desde a estratégia até os processos mais operacionais.

  1. Inicialmente, estabeleça um processo contínuo e obtenha o orçamento orientado para a entrega de valor.
  2. Em seguida, forme uma equipe com competências complementares e atribua responsabilidades.
  3. Defina as prioridades, objetivos e resultados chave e crie um roadmap evolutivo com uma governança integrada.
  4. Garanta o envolvimento de pessoas chave e o ambiente colaborativo.
  5. Execute e gere resultados continuamente.

Nada melhor do que se espelhar em bons exemplos, fugir do lugar comum e buscar sempre informações relevantes para o negócio da sua empresa. É nesse momento de busca por ideias inovadoras que devem surgir oportunidades e é importante estar atento a cada uma delas.
A cultura de inovação desperta a sensação de borboletas no estômago naqueles que acompanham de perto os resultados da empresa. A vontade de reinventar salta aos olhos e esse entusiasmo auxilia na digestão das novidades.
Sempre que pensar em inovação, reflita sobre estratégia de negócio, alto desempenho, rentabilidade e satisfação do cliente.
Agora que você conhece mais sobre cultura de inovação e o quanto ela pode ser vantajosa para sua empresa, que tal compartilhar este post em suas redes sociais e auxiliar outros profissionais nesse desafio encantador?